por Wilian Delatorre

Wilian Delatorre > Agência de Turismo
Passagens Aéreas > Passagens Aéreas com Milhas>
Hotéis > Seguros > Locação de carro

sábado, 25 de junho de 2011

Tirando o visto americano no Rio de Janeiro


Olá pessoal!

Para quem pretende tirar o visto americano na cidade do Rio de Janeiro ficam aqui as minhas impressões dessa última segunda feira dia 20 de Junho de 2011.

Horário e fila: O nosso horário para a entrevista era 08h 30 min, chegamos ás 07h 30 min. Uma fila forma-se do lado de fora, mas o que vale mesmo é o horário marcado, uma funcionária passa perguntando qual é o seu horário e vai grampeando a confirmação do formulário DS 160 com a foto e pede para por dentro do passaporte. A fila avança e muito próximo da porta de entrada outro funcionário confere seu nome na lista. Para quem não conseguiu realizar o upload correto da foto no formulário é retirado dessa fila e encaminhado para outro horário , no caso ás 10h 30 min onde um funcionário do consulado fará um scanner da foto trazida juntamente com os outros casos.

Organização: Considerei o serviço muito bem organizado, existem funcionários brasileiros bem preparados para te ajudar e deixar tudo preparado para a execução do serviço.

Procedimentos: Ao entrar no consulado você passa pelo detector de metais e dirige-se ao balcão onde lhe será fornecida uma senha. Uma funcionária chama pelo microfone a sua senha, nesse momento você dirige-se ao setor de impressões digitais. Suas impressões são tiradas e logo em seguida a direita no final do corredor, estão os guichês de entrevista. Nesse momento você vê de tudo: pessoas tranquilas, pessoas nervosas puxando pilhas de documentos, pessoas tentando agradar, etc. No meu caso a entrevista era familiar, então eu e minha esposa fomos juntos até o guichê onde uma mulher com sotaque carregado nos entrevistou.

- Bom dia!
- Bom dia! - respondemos

- Qual o seu destino de viagem?
- Orlando, Flórida, eu respondi.

- Onde vocês trabalham?
- Eu trabalho em banco - respondeu minha esposa.
- Eu trabalho em panificadora, eu respondi.

- Me explique um pouco sobre o seu trabalho.
- Trata-se de uma empresa familiar, além do trabalho financeiro, cuido da divulgação.

- Comprovantes de renda, por favor!

Entregamos as duas declarações completas de imposto de renda. Na minha observação é o que mais vale para eles, holerites e declarações de empresa ficam em segundo plano.

Depois de passar os olhos nas declarações e me perguntar sobre as cotas da empresa a mulher digitou algumas coisas e disse: Visto concedido! Paguem as taxas no correio e boa viagem!

Ao sair do consulado a esquerda existe uma agência dos correios, você preenche o formulário e recebe os passaportes em casa. Cheguei no correio ás 09 horas em ponto. Resumindo gastei apenas 1 hora e meia para ser atendido.

Nesse dia o consulado iria atender 979 pessoas pela parte da manhã e 143 a tarde.

Dicas: Fique atento as informações fornecidas. Fale somente o necessário. Fique calmo e seja firme nas respostas. Caso não tenha condições de preencher os formulários, contrate alguém competente para isso.

É isso aí, caso tenham alguma dúvida em relação a esse consulado, estou as ordens! Abraço!