por Wilian Delatorre

Wilian Delatorre Personal Travel,
o seu agente pessoal de passagens com milhas e roteiros.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Iberia cancela a rota - São Paulo x Barcelona


Olá turma!

Infelizmente venho com uma notícia ruim hoje. A cia. espanhola Iberia deixará de voar de Guarulhos - São Paulo para Barcelona (El Prat) a partir de 31 de Outubro de 2012. Agora para se chegar a capital da Catalunha apenas com conexão em Madri.

Quem agradece é a Singapore Airlines que já estuda a ampliação das frequências para Barcelona operado com o Boeing 777-300.

Resumindo, serão menos assentos para emissão com os avios dentro do Iberia Plus. Fazer o quê? São coisas do mundo da aviação civil.

Abaixo segue matéria do site presstur.com Iberia vai parar a rota Barcelona

A notícia do jornal “La Vanguardia” avança que a interrupção dos voos directos para São Paulo soma-se a idêntica decisão em relação às ligações de Barcelona com Miami, lançadas a 29 de Março de 2011 e que a partir de 4 de Abril deixaram de ser efectuadas directamente pela Iberia, passando a ser servidas pela American Airlines, parceira da espanhola na aliança oneworld.
O jornal avança que com esta decisão, o número de passageiros de voos internacionais em El Prat reduziu-se drasticamente a partir de Abril, para cerca dos 1,8 mil, quando em Março tivera quase 7,6 mil.
O “La Vanguardia” diz ainda que a partir do início do Inverno IATA a Iberia terá apenas em El Prat os voos da “ponte aérea” com Madrid, uma rota em que alcançou 1,4 milhões de passageiros em 2011 e que tenderá a ter crescimento este ano em resultado da falência da Spanair.
Em contrapartida, diz o jornal, a Singapore Airlines está a estudar o aumento do número semanal de voos entre Barcelona e São Paulo, que actualmente são três.
Dados de tráfego da AENA, empresa gestora dos aeroportos espanhóis, recolhidos pelo PressTUR mostraram que no primeiro semestre deste ano 46,2 mil passageiros voaram entre Barcelona e São Paulo, mais 36,2% ou mais 12,3 mil que no período homólogo de 2011.
A Singapore liderava, com 29 mil passageiros, mais 16% ou mais 29 mil que há um ano, e a Iberia tinha 17,2 mil, mais 92,8% ou mais 8,3 mil que no período homólogo de 2011, o que tinha que ver com o facto de os voos directos apenas terem começado a 19 de Junho, com saídas de Barcelona às quartas e Domingos e regressos às segundas e quintas, em Airbus A340 de 254 lugares para passageiros.
Ao anunciar o início dos voos directos Barcelona-São Paulo, a companhia afirmava que “a nova rota consolida o Brasil como o mercado mais importante da Iberia na América Latina e converte-o em 2011 no de maior crescimento de toda a rede” (ver mais em: Iberia estreia Barcelona - São Paulo com ocupação a 100%).
Para essa evolução também concorria o lançamento do voo Madrid-Fortaleza-Recife, que a companhia cessou menos de seis meses depois de ter começado a rota (ver mais em: Iberia cancela Madrid - Fortaleza - Recife a partir de 2 de Novembro).