por Wilian Delatorre

Wilian Delatorre > Agência de Turismo
Passagens Aéreas > Passagens Aéreas com Milhas>
Hotéis > Seguros > Locação de carro

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Você daria um no-show para economizar milhas?

Olá turma! Tudo bem?

Hoje vou levantar um assunto polêmico no munda das milhas! A possibilidade de economizar algumas milhas ao não completar o trecho todo contratado, o famoso NO-SHOW!

Quando o consumidor "Não se apresenta" ou "Não comparece" é configurado um No-SHOW! Se a passagem emitida implica um Round Trip (Ida e Volta) automaticamente o trecho da volta é cancelado, até que se saiba o motivo do não comparecimento. Portanto, a idéia do post é gerar a discussão em torno de uma passagem emitida apenas em uma direção (One Way).

Como fica a situação de quem não se apresenta na segunda perna de um bilhete One Way?

O exemplo de hoje será com o programa de fidelidade da Taca/Avianca o Lifemiles.

O Lifemiles utiliza uma tabela (ainda não oficialmente publicada) por zonas e regiões do globo. Digamos que você queira conhecer Toronto no Canadá, serão necessárias 30.000 milhas Lifemiles, veja abaixo:



Mas fuçando o Lifemiles eu descobri que é mais vantajoso em termos de milhas, emitir São Paulo x Toronto x Barbados do que apenas São Paulo x Toronto, a economia é de 5.000 milhas Lifemiles. Veja:


Outro exemplo é o trecho entre São Paulo e Cidade do Panamá. São necessárias 20.000 milhas entre os dois destinos. O engraçado é que se você não encontrar bilhetes na Copa Airlines que opera a rota, você pode "ficar" nos EUA pelos mesmos 20.000 pontos e dispensar a perna final. Veja nas imagens:



Se o desejo do consumidor era os EUA a economia gerada é 10.000 milhas! Isso seria uma atitude ética? Você leitor, já fez algo do gênero? O que pensa a respeito? Abraços!