por Wilian Delatorre

Wilian Delatorre Personal Travel,
o seu agente pessoal de passagens com milhas e roteiros.

terça-feira, 1 de maio de 2012

Conhecendo a capital da República Oriental do Uruguai


Olá pessoal! Tudo bem com vocês!? Tive a oportunidade no último mês de Abril de conhecer Montevidéu a capital do Uruguai. Há muito tempo queria fazer essa visita e graças uma boa combinação de promoções no Fidelidade TAM e Smiles emiti as passagens com milhas.

Na ida realizei o trecho Navegantes x Guarulhos x Montevideo com a TAM por 9.000 milhas. Foi a primeira vez que fiz um voo internacional da TAM e gostei muito. No trecho doméstico foi servido uma mistura de nozes e amendoas e suco, já no trecho internacional tarde da noite foi servido jantar com varias opções de bebidas. Cheguei na capital perto das 23 horas e me surpreendi com a beleza, estrutura e limpeza do Aeroporto Carrasco. Como éramos os únicos a desembarcar a imigração estava vazia, apresentei minha carteira recente de identidade e foi me dado o recibo de um formulário que deveria guardar e apresentar no retorno. Na verdade poderia ter levado o passaporte mas fiquei com receio de perdê-lo e arruinar a minha viagem aos EUA na semana seguinte.

Chegando ao Hotel My Suites pude finalmente descansar. Farei uma resenha a parte do hotel.Na manhã seguinte comecei a explorar a pé a cidade. Um lugar muito bonito, com um povo cortês, polido e educado. Como odeio passar calor adorei o clima dos 24 graus Celsius. Almocei um belo hamburguer com fritas e a tarde continuei o passeio pelo bairro Pocitos e Punta Carretas. No dia seguinte usei o transporte público, o famoso busão por R$ 1,90 ou 19 pesos você chega facilmente ao centro da cidade. Conheci a Praça da Independência e a Ciudad Vieja. Desci a pé até o porto e ao molhe. Tirei muitas fotos e pude conhecer um pouco as características e hábitos do povo uruguaio. Senti na capital do país que abriga quase 50% da população do país um ar de tranquilidade, respeito e trabalho.

O Uruguai está se recuperando economicamente e tenta a cada dia mais atrair investidores estrangeiros através de suas políticas públicas. No bairro Carrasco a caminho do aeroporto deu até vontade de ter uma daquelas casas de condomínio fechado e morar em um lugar tranquilo. Mas não tem jeito o Brasil é o meu país e sempre que puder quero sair e voltar com a certeza de que pude conhecer um lugar novo.